19.8.08

A morte de 007

O Correio da Manhã publica a sentença de morte do agente secreto mais conhecido do mundo pelas suas bondgirls. Agora, o MI5 passa a ter os bondboys.

«Os homossexuais já podem ser espiões do MI5 (serviços de segurança internos do Reino Unido). Depois de no passado ter sido proibido o seu recrutamento, passaram agora a ser oficialmente bem-vindos à profissão de James Bond. A ponto de o MI5 estar a colaborar, neste processo, com o principal lóbi homossexual britânico.
De acordo com o jornal ‘The Sunday Times’, os serviços secretos internos contrataram o principal grupo de pressão do movimento gay britânico, o Stonewall, para o recrutamento de homossexuais. Além disso, este lóbi compromete-se ainda a desempenhar um trabalho de assessoria sobre a criação de um ambiente laboral que ajude os funcionários homossexuais a declararem abertamente a sua condição e a sentirem-se cómodos.»

Por cá, espera-se que o SIS contrate o apoio do Opus Gay, Panteras Rosa, Grupo Lilás, Clube Safo, ILGA e coisas afins.
Os tempos homofóbicos acabaram. Chegaram novos tempos aos serviços secretos!
Sugiro que passem a denominarem-se SSG (Serviços Secretos Gay)! Oh, larilas...!

3 comentários:

Claras o contestatário disse...

Desta vez parece-me que não vamos estar de acordo.
A estupidez, desculpe a palavra, era eles não poderem ser recrutados.
Postos de lado pelas suas tendências sexuais?
Se calhar já lá estão vários que nunca tiveram a coragem de o afirmar.
mas porque é que vocês homens em geral têm tanto medo dos homossexuais?

Batam, mas com jeitinho, está bem?

nonas disse...

Bater "neles"? Nem pensar!
Ainda podiam gostar e queriam mais!!!
E se não gostassem corria o risco de ser acusado de violência homofóbica!

Claras o contestatário disse...

Bah!

Isso é fugir à discussão!
e a mim que me apetecia tanto uma!